Chuvas em Minas Gerais: sobe para 24 o número de mortes

·1 min de leitura

BRASÍLIA - A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) de Minas Gerais informou nesta quarta-feira mais cinco mortes em decorrência da chuva no estado, totalizando 24 o número de vítimas desde outubro do ano passado. Houve aumento também na quantidade de municípios em situação de emergência, de 145 para 341.

Em Ouro Preto, a 130 quilômetros de Belo Horizonte, um homem morreu soterrado após ter sua casa atingida por um deslizamento de terra, na segunda-feira. No município de Perdigão, a 143 quilômetros da capital mineira, duas mulheres de 55 e 79 anos, que estavam desaparecidas, foram localizadas mortas após terem o carro levado pela enxurrada. Outra vítima foi registrada em Contagem, a 20 quilômetros de Belo Horizonte, após um desabamento.

O estado tem 3.952 pessoas desabrigadas, que necessitam de abrigo público, e 24.610 desalojadas, que foram deslocadas para casa de parentes e amigos.

Até o momento, foram registradas mortes em 17 municípios: Uberaba (1) , Coronel Fabriciano (1), Nova Serrana (1), Engenheiro Caldas (1), Pescador (1), Montes Claros (1), Betim (1), Belo Horizonte (1), Dores de Guanhães (2) , São Gonçalo do Rio Abaixo (1), Ervália (1), Caratinga (2), Brumadinho (5), Ouro P|reto (1), Perdigão (2, Santana do Riacho (1) e Contagem (1).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos