Chuvas em Pernambuco: número de mortos sobe para 120 e quatro pessoas continuam desaparecidas

O número de mortos em decorrência dos estragos causados pelas fortes chuvas que atingem Pernambuco desde a última quarta-feira chegou a 120. Nesta quarta-feira, cinco corpos foram resgatados em Recife, Jaboatão dos Guararapes e Limoeiro. E outros nove que estavam no Instituto de Medicina Legal (IML) tiveram a confirmação de que morreram por causa dos temporais do dia 25 de maio. De acordo com o governo estadual, há ainda quatro desaparecidas e 7.312 desabrigadas.

Chuvas em Pernambuco: 'Gente, eu quero minha família', diz jovem que perdeu mais de 10 parentes em desabamento

Tragédia: Casas com 5 graus de inclinação correm risco de desmoronar em Várzea, um dos bairros mais atingidos pelas chuvas em Recife

Veja também: Prefeitura de Recife só acionou plano para conter estragos da chuva dois dias após alerta de alto risco

As vítimas estão sendo encaminhadas ao Instituto de Medicina Legal do Recife (IML), onde serão feitas as perícias para identificação, assim como procedimentos de medicina legal, acolhimento e apoio aos familiares. Equipes de tanatoscopia do instituto já estão de prontidão para a realização desse trabalho.

Alerta: Chuva forte chega esta semana ao Maranhão, Piauí e Ceará, mas com menos chances de causar tragédias

Em todo o estado, aumentou para 24 o número de municípios que já decretaram situação de emergência por conta dos impactos provocados pelas chuvas: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São José da Coroa Grande, Moreno, Nazaré da Mata, Macaparana, Cabo de Santo Agostinho, São Vicente Ferrer, Paudalho, Paulista, Goiana, Timbaúba, Camaragibe, São Lourenço da Mata, Abreu e Lima, Araçoiaba, Igarassu, Aliança, Glória do Goitá, Vicência, Bom Jardim, Limoeiro e Passira.

Entenda: o que são as Ondas de Leste, responsáveis pelas chuvas intensas em Pernambuco

A Agência Pernambucana de águas e Clima (Apac) prevê a continuidade de chuvas rápidas ao longo do dia, com volumes moderados, tanto na Região Metropolitana do Recife como na Mata Norte. Na Mata Sul, Agreste e Sertão as chuvas serão isoladas, com poucos acumulados. A mesma previsão é válida para amanhã, segundo a Apac. A Defesa Civil mantém o alerta para deslizamentos, por conta das condições do solo, ainda encharcado nas áreas afetadas.

Chuvas em Pernambuco: para especialistas, falhas no planejamento urbano e na resposta à crise explicam tragédia

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) permanece monitorando as rodovias estaduais e federais sob sua jurisdição. De acordo com informações registradas hoje, ainda há alguns trechos com alagamentos ou deslizamento de barreiras, que provocam interdições parciais ou tráfego em meia pista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos