Chuvas intensas deixam 41 mortos na Índia e no Sri Lanka

·1 min de leitura
Homem caminha em meio à inundação causada por fortes chuvas em Chennai, na Índia

(.)

Por Sudarshan Varadhan e Uditha Jayasinghe

CHENNAI/COLOMBO (Reuters) - Chuvas intensas no sul da Índia e no Sri Lanka mataram ao menos 41 pessoas, disseram autoridades nesta quinta-feira, e meteorologistas preveem que os aguaceiros diminuirão nos próximos dias enquanto comunidades prejudicadas se livram da água acumulada.

O Departamento Meteorológico Indiano prevê chuva de leve a moderada na maioria das áreas afetadas e inundações ocasionais em algumas ruas e áreas baixas.

Autoridades do Sri Lanka disseram que se acredita que as chuvas diminuirão a partir desta quinta-feira, já que a pressão baixa que provocou o clima ruim se afastou.

"O pior já passou, e chuvas ocasionais acontecerão", disse Pradeep John, um meteorologista amador muito seguido em Tamil Nadu, o Estado mais afetado da Índia.

"Hoje as chuvas serão intermitentes, com grandes intervalos e nada alarmante."

As chuvas mataram 25 pessoas na ilha-nação de Sri Lanka, a maioria das quais se afogou, e deslizamentos de terra feriram cinco pessoas, segundo autoridades.

Dezesseis pessoas morreram em Tamil Nadu, disse o ministro de gerenciamento de desastres KKSSR Ramachandran em uma coletiva de imprensa. Muitas escolas e faculdades estaduais permaneceram fechadas, e alguns serviços de trem continuam suspensos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos