Chuvas no Recife: Adolescente morre em deslizamento e número de vítimas chega a 129

Chuvas no Recife deixaram mais um morto nesta terça (Lucio Tavora/Xinhua via Getty Images)
Chuvas no Recife deixaram mais um morto nesta terça (Lucio Tavora/Xinhua via Getty Images)
  • Adolescente é mais uma vítima fatal das chuvas que têm castigado o Recife e a região

  • Ele morreu em um deslizamento que deixou outras três pessoas feridas

  • Já são 129 mortos no segundo maior desastre da história do estado

Um adolescente morreu na manhã desta terça-feira (7) após o deslizamento de uma barreira no Recife, levando o número total de vítimas fatais das chuvas na região a 129.

Segundo informações do G1, o episódio aconteceu por volta das 4h20 nas ruas José Amarino dos Reis e Vencedora, no bairro Alto Santa Terezinha, Zona Norte da cidade.

Após uma nova madrugada de chuvas intensas, o terreno cedeu, matou Lucas Daniel Nunes da Silva e feriu outras três pessoas.

O garoto de 13 anos chegou a ser socorrido e levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, mas chegou sem vida ao local. Os três feridos, sendo duas mulheres e um homem, foram resgatados com vida dos escombros.

Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Defesa Civil foram acionadas e se destinaram ao local. Mais de 20 bombeiros trabalharam no resgate das vítimas, que terminou por volta das 6h50.

Segundo informações coletadas por uma equipe da TV Globo no local, cinco casas foram atingidas pelo deslizamento da barreira.

Para piorar, a meteorologia alterou o estado de observação para estado de atenção durante a madrugada. Isso porque estão previstas novas pancadas de chuva para a região do Grande Recife, Agreste e Mata Sul.

Mais de 100 mortos e nove mil desabrigados

O desastre em Pernambuco é considerado o segundo pior da história do estado devido ao total de vítimas fatais, atrás apenas de uma enchente que matou 175 pessoas no Recife em 1966.

Além dos 129 mortos, as tempestades das últimas semanas deixaram mais de nove mil pessoas desabrigadas e mais de 30 cidades em situação de emergência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos