Ciclista apalpada por homem em SP relata trauma após assédio: “Não consigo mais sair”

·1 min de leitura
Homem assedia mulher enquanto pedalava em Praia Grande - Foto: Reprodução
Homem assedia mulher enquanto pedalava em Praia Grande - Foto: Reprodução
  • Mulher foi apalpada por um ciclista quando ia de bicicleta para o trabalho

  • Ela contou estar traumatizada e que não consegue mais sair de casa

  • Imagens de uma câmera de segurança mostraram o momento do assédio

A mulher apalpada quando ia para o trabalho de bicicleta, em Praia Grande, na última sexta-feira (3), relatou estar traumatizada com o episódio. Ela contou que decidiu mudar a própria aparência e não consegue sair de casa desde então.

"Eu não consigo mais sair. Fui trabalhar, mas com medo. Fui na companhia de outras pessoas. A aparência eu quero mudar, já estou mudando o cabelo. Eu quero tentar mudar tudo. Não vou mais com a roupa do trabalho. Não vou mais do jeito que eu ia antes", declarou à TV Tribuna.

O caso aconteceu no litoral de São Paulo e foi flagrado por câmeras de segurança. A mulher de 37 anos, que não quis se identificar, aparece pedalando quando um rapaz passa ao seu lado e apalpa suas nádegas.

"Eu entrei em choque. Quando eu cheguei no meu trabalho eu estava muito nervosa sem acreditar o que tinha acontecido", disse.

Mulher recuperou as imagens

Após o episódio, ela foi batendo de casa em casa na rua para tentar recuperar as imagens de câmeras de segurança.

"Mesmo depois de ver as imagens, eu não acreditei no que tinha acontecido", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos