Ciclista teria cometido crime pouco antes de morrer em acidente

Trecho da BR-153, em Goiânia, após acidente que matou ciclista. (Reprodução/TV Anhanguera)

O ciclista Marcos Lima dos Santos, morto ao ser atingido por um caminhão na BR-153, em Goiânia (GO), teria assassinado uma mulher em hotel momentos antes do acidente. A informação, dada pela TV Anhanguera, é de que a Polícia Civil encontrou o corpo da vítima ao lado de uma carta assinada por Marcos.

Segundo os policiais, ele deixou o hotel onde havia se registrado com a mulher e avisou a recepcionista que a companheira ficaria até o fim da diária. Pouco depois de sair do local, teria sofrido o acidente.

A carta encontrada no quarto, supostamente assinada por Marcos, pedia desculpas e afirmava se tratar de um relacionamento conflituoso que durava há mais de um ano. Investigadores por trás do caso afirmam, no entanto, que a mulher era casada.

Em depoimento à polícia, o caminhoneiro que atingiu Marcos relatou que o ciclista seguia pela contramão na rodovia e, ao mudar de pista, colidiu diretamente com o veículo.

O acidente na rodovia ocorreu por volta de 11h de domingo.