Cidade conservadora do norte da Holanda registra dez casos de sarampo

Localidade holandesa com um dos piores índices de vacinação do país registra dez casos de sarampo

As autoridades sanitárias holandesas anunciaram, nesta terça-feira (25), terem detectado dez casos de sarampo em Urk, uma pequena localidade religiosa e conservadora do norte da Holanda, onde o índice de vacinação está entre os mais baixos do país.

A doença foi detectada em um adulto e nove crianças, declarou, em um comunicado, o Serviço de Saúde Pública (GGD) da província de Flevoland, que "monitora atentamente a situação".

Segundo veículos da imprensa holandesa, que citam o GGD, "não se trata de uma epidemia de larga escala", já que as pessoas afetadas procedem de duas famílias afins.

"Em 2013 e antes, esta doença foi registrada com frequência em Urk", completou o GGD.

Este pequeno povoado de pescadores tem um dos mais baixos índices de vacinação do país, onde apenas 61,1% das crianças menores de dois anos foram vacinadas por sarampo-caxumba-rubéola no ano passado. A média nacional é de 92,9%, segundo números oficiais.

Urk é considerada uma das localidades mais religiosas entre as comunidades protestantes conservadoras da Holanda.