Cidade de SP começa a vacinar adolescentes nas escolas públicas nesta quinta

·1 min de leitura
SAO PAULO, BRAZIL - JUNE 18: A health worker prepares a CoronaVac vaccine against COVID-19 during an immunization campaign for people at UBS Colombo Basic Health Unit on June 18, 2021 in Sao Paulo, Brazil. According to official figures released by the Health Minister, the death toll in Brazil is approaching half a million victims. President Jair Bolsonaro faces a probe as the country undergoes the second-deadliest COVID-19 outbreak outside of the United States. Protests are being held against the Copa America, which is being played in four Brazilian cities amid a surge in cases and deaths.  (Photo by Rodrigo Paiva/Getty Images)
Objetivo da prefeitura de São Paulo é acelerar a vacinação contra a covid-19 na capital (Foto: Rodrigo Paiva/Getty Images)
  • Escolas públicas na cidade de São Paulo vão começar a aplicar a segunda dose da vacina em adolescentes de 12 a 17 anos

  • Alunos precisarão apresentar autorização assinada por pais ou responsáveis

  • Até o momento, 40,1% dos adolescentes de 12 a 17 anos estão com a vacinação completa

A partir de quinta-feira (25), os adolescentes alunos de escolas municipais e estaduais poderão ser vacinados contra a covid-19 nas escolas. Segundo prefeitura da capital, serão aplicadas segundas doses do imunizante nos jovens entre 12 e 17 anos.

Até o momento, 105% dos adolescentes receberam a primeira dose, enquanto 40,1% estão com o esquema vacinal completo. Para tentar otimizar a aplicação da segunda dose e encontrar jovens com a vacinação em atraso, agentes de saúde irão às escolas da capital. Atualmente, o intervalo entre as doses da vacina aplicada em jovens, a Pfizer, é de três semanas. 

Edson Aparecido, secretário de Saúde da capital paulista, afirmou que a iniciativa deve acelerar o processo de vacinação na cidade. “Com a vacinação nas escolas, será possível completar o ciclo vacinal dos adolescentes e garantir as segundas doses para esse público”, disse.

O que é preciso para receber a vacina

Para serem vacinados, os jovens precisam levar um documento, assinado por pais ou responsáveis. O modelo de autorização será levado pelas Unidades Básicas de Saúde aos estudantes nas escolas.

A vacinação acontecerá em dias definidos com a escola, assim, os pais poderão se organizar para enviar a autorização necessária.

Vacinação com a dose adicional

A cidade de São Paulo já está aplicando a terceira dose em qualquer adulto com mais de 18 anos, desde que o cidadão tenha recebido a segunda dose há cinco meses. Até o momento, 12,8% da população adulta já recebeu a dose adicional da vacina contra a covid-19.

Entre os adultos, 99,7% já estão com o esquema vacinal completo na capital paulista.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos