Cidade de SP começa a vacinar pessoas com mais de 85 anos em postos drive-thru

·2 minuto de leitura
A woman films her father getting a shot of China's Sinovac CoronaVac vaccine during a priority COVID-19 vaccination program for the elderly at a drive-thru site set up in the Pacaembu soccer stadium parking lot in Sao Paulo, Brazil, Monday, Feb. 8, 2021. (AP Photo/Andre Penner)
Vacinação de pessoas a partir de 85 anos acontece em cinco postos drive-thru na cidade (Foto: AP Photo/Andre Penner)

A partir desta quinta-feira, 11, idosos com 85 anos ou mais poderão ser vacinados contra a covid-19 na cidade de São Paulo nos cinco postos drive-thru da capital. Na sexta-feira, 12, o imunizante será disponibilizado em todas as Unidades Básicas de Saúde da cidade.

O objetivo da prefeitura de São Paulo é imunizar 89 mil pessoas entre 85 e 90 anos. Os postos drive-thru funcionam de segunda a sexta-feira das 8h às 17h. A maior movimentação é no Estádio do Pacaembu, na zona oeste da cidade. Confira os endereços dos cinco postos de vacinação:

Praça Charles Muller - Estádio do Pacaembu (Zona Oeste);

Neo Química Arena Corinthians (Zona Leste) - (Corinthians);

Autódromo de Interlagos (Zona Sul) - Rua Jacinto Júlio – Portão 9 – KRF;

Centro de Exposições do Anhembi (Zona Norte) - Rua Olavo Fontoura – Portão 38;

Igreja Boas Novas, na Vila Prudente (Zona Leste) - Rua Marechal Malet, 611 - Parque da Vila Prudente.

Leia também

Em Guarulhos, São Bernardo do Campo e Carapicuíba a vacinação do grupo a partir dos 85 anos teve início nesta quinta-feira, mesmo nas UBS. Já em São Caetano do Sul os idosos dessa idade começaram a ser vacinados na última quarta-feira. Cada cidade tem autonomia para definir como será executado o plano de vacinação.

A recomendação do governo do estado é que as pessoas façam o cadastro no site Vacina Já para diminuir o tempo de atendimento.

Inicialmente, a vacinação para pessoas a partir de 85 anos estava prevista para começar na segunda-feira, 15 de fevereiro. Segundo o governador João Doria (PSDB), o estado trabalhou para antecipar o processo. “O governo de São Paulo conseguiu acelerar seu cronograma com a distribuição antecipada da vacina do Butantan com mais de 900 mil doses da vacina para oferecer aos idosos em todos os 645 municípios do estado”, afirmou.

A previsão é que o grupo etário entre 80 e 84 anos comece a ser vacinado a partir de 1º de maio, segundo Doria. Na sexta-feira, 12, profissionais da linha de frente, indígenas e quilombolas começarão a receber a segunda dose da vacina contra o coronavírus.