Cidade de SP volta a vacinar jovens de 12 a 14 anos nesta quarta

·2 minuto de leitura
Nurse Monica Calazans gives a dose of Sinovac’s Coronavac coronavirus disease (COVID-19) vaccine to student Esperanca Maria Gomes Rodrigues, 18, at Butanta Institute in Sao Paulo, Brazil August 16, 2021. REUTERS/Carla Carniel
Jovens de 12 a 14 anos podem se vacinar na cidade de São Paulo em UBSs (Foto: REUTERS/Carla Carniel)
  • Cidade de SP retoma vacinação contra a covid-19 nesta quarta, mas apenas das UBSs e AMAs/UBSs integradas

  • Em função do feriado, rede de vacinação não funcionou em 7 de setembro na capital

  • Idosos com mais de 90 anos e pessoas que precisam da segunda dose podem ir a qualquer posto de saúde, megapostos, drive-thrus da capital

Nesta quarta-feira (8), a cidade de São Paulo retoma a vacinação de jovens de 12 a 14 anos contra a covid-19, além da aplicação da segunda dose e da dose adicional para idosos com mais de 90 anos. No feriado de 7 de setembro, a imunização foi interrompida na capital. 

No entanto, segundo a Secretaria Municipal de Saúde, a aplicação da primeira dose será feita exclusivamente nas Unidades Básicas de Saúde e nas AMAs/UBSs integradas. Esses locais também vão aplicar segundas doses e doses adicionais. 

Leia também

Nos megapostos e drive-thrus, podem ir se vacinar aqueles que forem receber a segunda dose e a dose adicional para idosos. 

A vacinação para jovens de 12 a 14 anos começou na última segunda-feira (6), mas foi interrompida na terça-feira em função do feriado. Para esta faixa etária, está sendo aplicada a vacina da Pfizer. 

Para que os jovens elegíveis sejam imunizados, eles devem:

  • Estar acompanhados de um responsável

  • Apresentar um laudo médico

  • Ter comprovante de endereço na capital

  • Levar o CPF e o cartão do SUS

Na última segunda-feira, São Paulo bateu o recorde de vacinas aplicadas em um dia: foram 246.739 doses de imunizantes contra a covid-19. Foram aplicadas 142.905 primeiras doses, sendo 133.258 entre os adolescentes e outros públicos elegíveis, 92.840 segundas doses, e outras 13 doses únicas. Além disso, foram aplicadas 10.982 doses de reforço em idosos com mais de 90 anos.

No total, a capital paulista já aplicou 15,2 milhões de doses de imunizantes, sendo 9,8 milhões de primeiras doses e 5,1 milhões de segundas doses. 

Veja o calendário da primeira fase de aplicação da terceira dose no estado de SP:

  • 6 a 12 de setembro: 90 anos ou mais

  • 13 a 19 de setembro: 85 a 89 anos

  • 20 a 26 de setembro: 80 a 84 e imunossuprimidos

  • 27 de setembro a 3 de outubro: 70 a 79 anos

  • 4 a 10 de outubro: 60 a 69 anos

O processo de aplicação de terceira dose para idosos será contínuo. Isto quer dizer, aquelas pessoas com mais de 60 anos que completarem 6 meses da segunda dose depois de 10 de outubro, independentemente da vacina aplicada nas primeiras doses, podem procurar o posto de saúde na data correspondente.

Idosos com mais de 60 anos que já tomaram a segunda dose há mais de seis meses poderão se inscrever na fila da xepa para receberem a terceira dose.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos