Cidade de São Paulo registra 4,7ºC e bate novo recorde de frio do ano

·1 minuto de leitura
PILAR DO SUL, SP, 29.07.2021: Geada em plantio de uva em Pilar do Sul (SP). (Foto: Eduardo Anizelli/ Folhapress)
PILAR DO SUL, SP, 29.07.2021: Geada em plantio de uva em Pilar do Sul (SP). (Foto: Eduardo Anizelli/ Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo bateu novo recorde de frio deste ano nesta quinta-feira (29) com a temperatura média mínica de 4,7°C, segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas). Já a mínima absoluta foi registrada em Marsilac, no extremo da zona sul da capital, com - 0,1oC.

Essa foi a temperatura mais baixa registrada na capital desde 2016, quando o CGE registrou a menor mínima média de 3,5°C, no dia 13 de julho. O CGE mede temperaturas na capital desde 2004.

O recorde de frio anterior neste ano foi registrado no último dia 20, com a mínima média de 5,4°C, e a mínica absoluta de -2,3oC, também em Marsilac.

Segundo o meteorologista Adilson Nazário, do CGE, a massa de ar polar que está sobre a cidade ainda deve trazer mais frio nos próximos dias. "As próximas madrugadas ainda serão geladas e com expectativa de novo recorde na madrugada de sexta-feira (30)", avisa Nazário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos