Cidade de São Paulo tem quase 1 milhão sem segunda dose de vacina contra Covid

·3 min de leitura
Foto: Rahel Patrasso/Xinhua via Getty Images
Foto: Rahel Patrasso/Xinhua via Getty Images

O número de pessoas sem a segunda dose da vacina contra a Covid-19 na cidade de São Paulo atinge quase 1 milhão de faltosos, de acordo com a prefeitura paulistana. 

Ao todo, segundo a Secretaria Municipal da Saúde, 773.496 adultos não haviam tomado a segunda dose da vacina até esta sexta-feira (24), um dado que só aumenta — no último dia 1º, eram cerca de 593 mil maiores de 18 anos. 

Outros 210.862 adolescentes de 12 a 17 anos completam a lista dos que não voltaram aos postos de saúde na capital paulista atualmente. 

O número total de pessoas que poderiam ter recebido a segunda dose, mas estão sem, de todas as idades a partir de 12 anos, é de aproximadamente 984 mil pessoas. A vacinação de crianças menores de 11 anos ainda não foi autorizada pelo Ministério da Saúde. 

Conforme o boletim mais recente, 29,9% do público esperado — quase 2,8 milhões de pessoas— receberam o reforço até a véspera de Natal. 

Para o infectologista Jamal Suleiman, do Instituto Emílio Ribas, as pessoas correm riscos desnecessários. "Além da segunda dose, é preciso ter a de reforço, principalmente para proteção contra a variante ômicron", afirma. A cidade de São Paulo conta atualmente com 17 casos da nova cepa do coronavírus —há outros três confirmados no estado. 

A preocupação é semelhante à de Álvaro Furtado da Costa, infectologista do Hospital das Clínicas da USP (Universidade de São Paulo). Segundo ele, é extremamente perigoso o percentual de pessoas que não têm nem as duas doses. 

O especialista afirma que o município precisa fazer um trabalho para encontrar essas pessoas e motivá-las a tomar a segunda e a terceira dose. "É um contingente populacional que está sob risco de pegar ômicron ou a forma grave da doença", afirma. 

Suleiman reforça. Por um lado, diz, o poder público municipal não está tendo pernas para ir atrás desses faltosos, por meio de uma busca ativa. E por outro, afirma, o governo federal não faz campanhas neste sentido. 

Em nota, a Secretaria Municipal da Saúde diz que o órgão tem feito busca ativa para completar o esquema vacinal do público elegível para a vacinação contra Covid na capital e que tenta compreender as causas da ausência, que podem ser desde uma mudança de endereço, à espera por acompanhante para ir ao local de vacinação e, até mesmo, esquecimento. 

"A secretaria extrai do sistema VaciVida a relação de pessoas que ainda não receberam a segunda dose do imunizante", diz a pasta. Após isso, afirma é realizado o georreferenciamento entre o endereço da pessoas e a UBS (Unidade Básica de Saúde) mais próxima e, então, os profissionais do posto médico entram em contato para orientar sobre a importância da vacinação correta, além de verificarem os motivos da abstenção. 

"A pasta conta com equipes do Programa Estratégia Saúde da Família e com visitas casa-a-casa para este esforço." 

Em parques

Foto: Rahel Patrasso/Xinhua via Getty Images
Foto: Rahel Patrasso/Xinhua via Getty Images

A vacinação contra a contra a Covid-19 e contra a gripe neste domingo (26), na capital paulista, será concentrada em duas farmácias da avenida Paulista, na região central, e em seis parques de todas as regiões do município. 

Segundo a secretaria não é preciso ter intervalo entre elas e é possível tomar as duas vacinas, contra a Covid-19 e contra a gripe, no mesmo dia. 

Veja onde tomar vacina neste domingo na cidade de SP (das 8h às 16h)

Farmácias

  • avenida Paulista 2.371 e 266 

Parques

  • CRS Centro: Parque Buenos Aires (centro) 

  • CRS Sul: Parque do Guarapiranga (zona sul) 

  • CRS Leste: Parque do Carmo (zona leste) 

  • CRS Oeste: Parque Villa-Lobos (zona oeste) 

  • CRS Sudeste: Parque da Independência (zona sul) 

  • CRS Norte: Parque da Juventude (zona norte) 

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos