Cidade de São Paulo tem recorde de frio e temperatura deverá cair mais

·2 minuto de leitura
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 29-06-2021 – CLIMA-SP: Massa de ar polar derruba temperatura na cidade de São Paulo, SP, segundo meteorologistas, nesta terça-feira 29. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
SÃO PAULO, SP, BRASIL, 29-06-2021 – CLIMA-SP: Massa de ar polar derruba temperatura na cidade de São Paulo, SP, segundo meteorologistas, nesta terça-feira 29. (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A cidade de São Paulo teve mais um dia frio nesta terça-feira (29) e a temperatura média ficou em torno dos 15°C, com muita nebulosidade, chuviscos, e ventos moderados, com mínima de 10°C durante a madrugada, segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). Está mínima é a menor do ano --o recorde anterior era de 26 de maio, quando os termômetros registraram 10,8°C.

Nesta terça foi registrada a menor temperatura máxima do ano, com 15,4ºC de média na cidade, de acordo com o instituto.

Mas a temperatura deverá despencar ainda mais. Segundo o instituto, o recorde de frio do ano deverá ser superado nesta quarta-feira (30) e na quinta (1º). No entanto, não há previsão de chuva.

Isto porque a frente fria que chegou à capital já está se deslocando, mas a massa de ar polar ainda permanecesse pelo menos até sexta-feira na capital.

E o primeiro dia da chegada da massa de ar polar a São Paulo fez com que distritos como Parelheiros e Capela do Socorro (zona sul), Perus (zona norte) e São Mateus (zona leste), tivessem a sensação térmica de 5°C, segundo o meteorologista e chefe da Seção de Previsão do Tempo, do Inmet, Franco Nadal Junqueira Villela. "Em áreas mais urbanizadas como a região central, a sensação foi de 9°", explicou.

Segundo Villela, nesta quarta-feira a mínima, que normalmente é registrada pela manhã, desta vez deverá acontecer à noite e poderá ficar entre 5°C e 7°C, no centro expandido, com sensação térmica entre 2°C ou 4°C. "Mas, em alguns bairros menos urbanizados e cidades próximas da capital como Itapecerica de Serra e Barueri, a mínima deve ser de menor de 4°C com sensação térmica entre 1°C e 2°C, entre e a noite e madrugada", afirmou.

De acordo com o meteorologista, a frente fria está deixando São Paulo, mas a massa de ar polar permanece e vai provocar ainda mais frio. "O pico será quinta, e perde força na sexta e no sábado", afirmou.

Villela disse que ainda que nesta quarta, há possibilidade de geada em cidades do estado de São Paulo que fazem divisa com Paraná e Mato Grosso do Sul e também na Região Metropolitana de São Paulo. Na Serra da Mantiqueira, local de maior incidência de geada no estado, as condições para formação de geada se intensifica na quinta-feira, com a diminuição da nebulosidade.

Dados do CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), da Prefeitura de São Paulo, também apontam que nesta terça-feira foi registrada a menor temperatura máxima do ano. Foram 15,4ºC de média na cidade. Já a menor temperatura máxima absoluta, aquela registrada em um único local, ocorreu na Subprefeitura de Parelheiros, Zona Sul, com 12ºC.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos