Cidades do ABC antecipam terceira dose de vacina contra Covid em idosos

·3 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 22.04.2021 - Frasco contendo o imunizante contra a Covid-19. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 22.04.2021 - Frasco contendo o imunizante contra a Covid-19. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Duas cidades do ABC paulista, Santo André e São Bernardo do Campo, vão antecipar a aplicação da terceira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos. A ação acontece antes mesmo do estado de São Paulo, que, segundo anunciado pelo governo João Doria (PSDB), imunizará pessoas de 90 anos ou mais e imunossuprimidos acima de 18 anos a partir da próxima segunda-feira (6).

Até o início da tarde desta quinta-feira (2), a Prefeitura de São Paulo não havia confirmado quando dará início a oferta da terceira dose.

A Prefeitura de Santo André, gestão Paulo Serra (PSDB), afirmou que o primeiro grupo de idosos que receberá a terceira dose é de pessoas a partir de 90 anos de idade que residem em instituições de longa permanência, já a partir desta sexta-feira (3).

"Essa medida tem como objetivo manter os níveis de imunização principalmente para quem tem mais idade pensando também na nova variante. É um complemento, um reforço", disse Serra.

Já a Prefeitura de São Bernardo, gestão Orlando Morando (PSDB), vai iniciar a aplicação da terceira dose em idosos de 85 anos ou mais, em domicílio, a partir deste sábado (4).

Em Santo André será usado para terceira dose o imunizante da AstraZeneca.

Segundo o secretário de Saúde de São Bernardo, Geraldo Reple Sobrinho, a cidade também não utilizará a vacina Coronavac para a terceira dose.

"Usaremos os imunizantes da Pfizer e AstraZeneca. Nesta faixa etária, a maioria foi vacinada com a Coronavac. Para a terceira aplicação não há necessidade de usar a vacina do mesmo fabricante das demais", afirmou.

A decisão, segundo a Prefeitura de São Bernardo, segue a regra federal. Entretanto, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (1º), tanto Doria quanto o Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, criticaram o que chamaram de "descredenciamento" da Coronovac para pessoas acima de 60 anos.

Inclusive o Butantan diz que vacinará em pessoas acima de 60 anos da cidade de Serrana (313 km de SP), com 5.000 doses da vacina Coronavac. O município passou por um estudo de vacinação em massa e agora terá um novo reforço.

Essas faixas etárias receberam a primeira dose da vacina em janeiro e, portanto, já estavam com o quadro vacinal completo. Para a terceira dose, a segunda de reforço, as pessoas devem estar imunizadas há pelo menos seis meses, segundo Ministério da Saúde.

Dados da Prefeitura de Santo André indicam que 100% da população adulta já foi imunizada com pelo menos uma dose de vacina contra a Covid-19 e mais de 52% da população adulta já está com o esquema vacinal completo, índice superior aos 50,6% da média do estado.

Atualmente a taxa geral de ocupação de leitos sob gestão municipal na cidade de Santo André é de 13%.

Jovens e 2ª dose A ação em Santo André acontece em paralelo ao esquema vacinal de primeira e segunda doses. A primeira dose do imunizante segue disponível, mediante agendamento, para pessoas de 15 a 17 anos com ou sem comorbidades.

Na cidade, a segunda dose da Pfizer está disponível para pessoas com deficiência, profissionais que atuam na limpeza urbana e profissionais da educação com idade entre 18 e 44 anos. A segunda dose da vacina AstraZeneca está disponível para profissionais da educação, motoristas e auxiliares de transporte coletivo, pessoas com idade entre 18 e 29 anos com deficiência ou que possuam comorbidade.

Além disso, pessoas de 25 a 29 anos sem comorbidades que receberam a primeira dose da Coronavac também podem agendar a aplicação da segunda dose.

Todos os moradores de Santo André deverão, obrigatoriamente, apresentar comprovante de residência, CPF, documento de identidade e comprovante da primeira dose.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos