Cidades da Copa 'somem' com cachorros

 

Foto: Getty Images

Segundo publicação do jornal “O Globo”, cidades-sede da Copa do Mundo estão realizando uma cruel ‘higienização’ dos cachorros. São matilhas famintas ou agressivas mortas em tiroteios em massa e até mesmo eutanásia de animais. Essas informações foram divulgadas pelo parlamentar Vladimir Burmatov, ao jornal “Parlamentsjaya Gazeta”

O governo, na figura do ministro dos Esportes, Pavel Kolobkov, afirma que a ordem repassada às autoridades locais era uma ação utilizando “metódos humanizados, sem causar morte, mutilação ou ferimentos nos animais”.

Burmatov, também chefe do comitê de proteção ambiental, sugere uma solução muito simples: captura, castrar e vacinar os cachorros em centros de detenção. Para os russos, a castração dos animais de estimação é recusada pela maioria da população.