Cielo vai capturar e processar pagamentos por WhatsApp

SÃO PAULO (Reuters) -A empresa de meios eletrônicos de pagamentos Cielo anunciou nesta sexta-feira que fez acordo com a Meta Platforms para captura e processamento de transações feitas por meio do WhatsApp.

Na prática, o acordo permite que pessoas possam fazer pagamentos a lojas, por exemplo, usando meios como cartões de débito e de crédito, por meio do aplicativo de mensagens, que hoje já usado para transferência de recursos entre pessoas.

"A efetiva disponibilização ao público da realização de transações de pagamento via WhatsApp nessa modalidade é uma decisão que cabe à Meta e está sujeita à realização de testes com usuários e estabelecimentos comerciais, além de aprovações regulatórias", afirmou a Cielo, em fato relevante.

O acordo não tem exclusividade, o que significa que a Meta, dona do WhatsApp e do Facebook, poderá fechar acordos nos mesmos moldes com outras empresas de pagamentos.

"Nossa parceria com a Cielo é a primeira de muitas que estamos construindo com diversos parceiros locais, na medida em que trabalhamos para oferecer às pessoas a possibilidade de comprar de empresas no Brasil diretamente no WhatsApp", afirmou a Meta em comunicado.

(Por Aluísio Alves)