Cientistas criam em laboratório 'a carne mais cara do mundo'

Pesquisadores da Universidade de Osaka, no Japão, conseguiram fazer em laboratório um pedaço de carne do boi japonês Wagyu. Segundo os cientistas, foi usada uma técnica de bioimpressão 3D com células comestíveis de bois com a qual foram capazes de recriar músculos, gordura e nervos. Considerada a mais cara do mundo, a carne Wagyu é vendida por mais de R$ 1.000 o quilo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos