Cientistas descobrem maior bactéria do mundo, visível a olho nu

Maior bactéria do mundo foi descoberta por cientistas - Foto: Jean-Marie Volland/U.S. Department of Energy's Lawrence Berkeley National Laboratory/Handout via REUTERS
Maior bactéria do mundo foi descoberta por cientistas - Foto: Jean-Marie Volland/U.S. Department of Energy's Lawrence Berkeley National Laboratory/Handout via REUTERS
  • Cientistas descobriram a maior bactéria já encontrada no planeta, com cerca de um centímetro

  • Trata-se da primeira bactéria visível a olho nu, segundo os especialistas

  • Seria como se um ser humano do tamanho do Monte Evereste fosse descoberto

Cientistas descobriram a maior bactéria já encontrada no planeta. O anúncio foi feito esta semana pelo grupo que a encontrou em pântanos de Guadalupe, arquipélago localizado no sul do Caribe.

Batizada de Thiomargarita magnifica, a bactéria é cinco mil vezes maior do que outros micróbios, o que a torna tão grande que a faz ser visível a olho nu.

A bactéria mede cerca de um centímetro, ou mais de nove mil micrômetros. Para se ter ideia, esses seres têm, em média, dois micrômetros. Os maiores encontrados até então tinham 750 micrômetros.

Um dos responsáveis pela descoberta, o Dr. Jean-Marie Volland, do Laboratório Nacional de Lawrence Berkeley, afirmou: “Para por em contexto, é como se um ser humano encontrasse outro tão alto quanto o Monte Everest (8,84 mil metros)”.

Testes para comprovação da descoberta

Até pelo ineditismo da descoberta, os cientistas demoraram a perceber que aquele ser encontrado nos pântanos era, de fato, uma bactéria. Foi necessária uma série de testes para comprovar a suspeita.

“Nós percebemos que elas (bactérias) eram únicas, porque pareciam uma única célula. O fato de que eram um ‘macro’ micróbio era fascinante”, afirmou a professora Silvina Gonzalez-Rizzo, da Universidade das Antilhas, em Guadalupe, outra responsável pela descoberta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos