Cientistas encontram nas Filipinas um gigante molusco negro conhecido como Teredo Navalis – é assustador

Cientistas encontraram o primeiro Teredo Navalis gigante vivo, nas Filipinas. E ele é assustador.

A existência da criatura já era conhecida há anos, mas ninguém havia encontrado um espécime vivo até o momento.

O animal pode ter até 1.55 metros de comprimento e 6 centímetros de diâmetro.

A descoberta do espécime vivo foi detalhada na revista americana Proceedings of the National Academy of Sciences of United States of America (PNAS).

O Teredo Navalis é parte da família dos bivalves, pertencendo ao mesmo grupo dos mexilhões e ostras. Ele passa a vida toda envolvido em uma carapaça dura, alimentando-se de lama.

O estudo sobre o espécime diz que ele “é raro e enigmático”. Conhecido como Kuphus Polythamia, ele é o bivalve de vida mais longa conhecido pelo homem.

Uma equipe de cientistas do Brasil, França e Estados Unidos descobriu cinco Teredo Navalis gigantes numa baía de Mindanau.

Eles cortaram uma das extremidades da carapaça da criatura antes de remover o longo, viscoso e negro animal.

Os Teredo Navalis menores se alimentam de madeira (Foto: Rex)

Normalmente, eles são muito menores e se alimentam de madeira podre.

O Teredo Navalis gigante cria sua própria carapaça, que é feita de carbonato de cálcio e tem uma proteção para a cabeça, que ele enterra na lama em busca de alimento.

(Foto principal: PNAS)

Ross McGuinness

Yahoo News UK