Cinco ciclistas testam positivo para covid-19 na Volta da Espanha

Volta da Espanha é disputada entre o fim de agosto e começo de setembro e pertence ao calendário UCI World Tour. Foto: Justin Setterfield/Getty Images
Volta da Espanha é disputada entre o fim de agosto e começo de setembro e pertence ao calendário UCI World Tour. Foto: Justin Setterfield/Getty Images

O britânico Ethan Hayter, quarto colocado na classificação geral, foi obrigado a abandonar a Volta da Espanha devido à covid antes da décima etapa, o contrarrelógio individual nesta terça-feira (30) entre Elche e Alicante.

"De acordo com os protocolos da equipe e da UCI, Ethan Hayter retirou-se esta manhã da Volta da Espanha depois de testar positivo no teste de fluxo lateral", informou sua equipe através das redes sociais.

Leia também:

O contrarrelógio da décima etapa da Volta que decorre entre Elche e Alicante registou 7 baixas por doença, 5 delas por covid, para as quais um total de 14 ciclistas desistiram devido ao coronavírus ao longo da prova.

A última derrota de Floris de Tier comunicada pela sua equipe junta-se à lista de ciclistas que não vão começar esta décima etapa. Nem o italiano Edoardo Affini, doente, enquanto cinco pilotos testaram positivo para coronavírus entre o dia de descanso e esta manhã: Mathias Norsgaard, Harrison Sweeny, Jarrad Drizners, Ethan Hayter e José Herrada.

Além de todos esses competidores, o irlandês Sam Bennett, vencedor de duas etapas, também não participará do contrarrelógio, doente sem determinar sua condição.

A Volta da Espanha é disputada entre o fim de agosto e começo de setembro e pertence ao calendário UCI World Tour, máxima categoria das corridas profissionais.

É a última e mais jovem das conhecidas "grandes voltas" do ciclismo, junto ao Tour de France e a Giro d'Italia.

A 77ª edição da Volta da Espanha começou na cidade de Utrecht na Holanda e termina em Madrid na Espanha em um percurso com 21 etapas e uma distância total de 3280,5 quilômetros.