Cinco cidades da Grande SP registram 100% dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 ocupados

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Escalada do coronavírus tem esgotado leitos nas UTIs dos hospitais
Escalada do coronavírus tem esgotado leitos nas UTIs dos hospitais

Arujá, Embu das Artes, Mairiporã e Poá se juntaram a Taboão da Serra e registraram 100% dos leitos de UTI para pacientes com Covid-19 ocupados. A informação foi divulgada pelo G1 na tarde desta terça-feira.

Horas mais cedo, a secretária-adjunta da Saúde de Taboão, Thamires May, revelou que 11 pessoas contaminadas com o coronavírus morreram esperando pela liberação de leitos de UTI na cidade. A cidade se tornou a primeira do estado a registrar mortes por este motivo.

Leia também:

De acordo com matéria do G1, no entanto, Arujá, Embu das Artes, Mairiporã e Poá também não possuem mais leitos disponíveis para pessoas com Covid-19. Nenhuma destas quatro cidades, no entanto, registrou oficialmente mortes resultantes deste motivo até o momento.

A escalada do coronavírus em São Paulo é preocupante e uma série de outras cidades também se aproximam perigosamente dos 100%. Em Francisco Morato, Mogi das Cruzes, Mauá, Santo André e Guarulhos, ao menos 90% dos leitos de UTI estão ocupados.

A capital paulista tem 80% dos leitos de UTI ocupados, assim como São Bernardo do Campo, Diadema, Barueri e Caieiras.