Cinco membros das forças de segurança são mortos no Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão

·1 min de leitura

Por Jibran Ahmad e Gul Yousafzai

PESHAWAR/QUETTA (Reuters) - Pelo menos cinco integrantes das forças de segurança - três soldados e dois policiais - foram mortos, e seis civis ficaram feridos em três ataques separados na região oeste do Paquistão, perto da fronteira com o Afeganistão, disseram as forças de segurança neste sábado.

Dois soldados foram mortos durante um tiroteio com militantes na região de Hoshab, no distrito de Turbat, no Paquistão, e um terceiro soldado foi morto enquanto tentava desarmar um explosivo improvisado, afirmou o órgão de comunicação das forças armadas.

Mais cedo neste sábado, dois policiais foram mortos e seis civis ficaram feridos, incluindo uma jovem, em ataques no norte do Paquistão, perto do Afeganistão. Militantes do Taliban concordaram com um cessar-fogo de um mês após conversas com o governo, disse a polícia.

Os policiais foram mortos por um explosivo improvisado perto da fronteira, na província de Khyber Pakhtunkhwa, onde estavam protegendo um reservatório.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos