Cinco prisioneiros libaneses morrem em acidente após fuga em massa da prisão

·1 minuto de leitura

BEIRUTE (Reuters) - Cinco prisioneiros em fuga morreram no sábado, quando o carro em que estavam bateu em uma árvore depois que mais de 60 detentos escaparam de um centro de detenção libanês perto da capital Beirute, disseram as Forças de Segurança Interna do Líbano (ISF) em um comunicado.

A nota da ISF não informou como os 69 prisioneiros escaparam da instalação, que, segundo uma fonte de segurança, mantém detidos antes de julgamentos e faz parte da prisão distrital de Baabda, próxima a Beirute.

O presidente Michel Aoun foi informado pelo ministro do Interior interino sobre a fuga e ordenou que as operações de busca fossem intensificadas e o incidente investigado, de acordo com postagem da Presidência no Twitter.

A ISF disse que 15 prisioneiros foram capturados e outros quatro se entregaram.

Os cinco morreram na batida do carro contra uma árvore no que o comunicado descreveu como um acidente. Um prisioneiro ficou ferido e foi levado ao hospital. A agência de notícias estatal NNA disse mais cedo que os prisioneiros escaparam da prisão ao amanhecer, depois de quebrar as portas das celas.