Cinearte, tradicional sala de cinema de SP, faz sua última sessão hoje

São Paulo perde nesta quarta-feira (19) uma de suas salas de cinema mais tradicionais. Segundo apontou o Guia da Folha, após a exibição do filme sul-coreano Parasita, às 21h30, na sala 1, o Cinearte encerra suas atividades.

Localizado no Conjunto Nacional, em uma das áreas mais movimentadas da Avenida Paulista, desde 1963, quando foi inaugurado como Cine Rio, o Cinearte passou a ter dificuldades financeiras com a não renovação de contrato da Petrobras, última empresa a patrocinar o espaço.

A sala 1 do Cinearte. (Photo: Divulgação)

Essa não é a primeira vez que o Cinearte passa por uma situação dessas. Em 1978, o antigo Cine Rio encerrou suas atividades e a sala só voltou a funcionar em 1982, quando ganhou o nome atual. De lá para cá, o Cinearte ficou ameaçado de fechar as portas algumas vezes, mas acabava sempre conseguindo um patrocinador para “salvá-lo”, como nas épocas em que se chamou Cine Bombril, Cine Livraria Cultura e, até março de 2019, Cinearte Petrobras.

Com uma programação que mesclava filmes de mais apelo comercial com títulos mais alternativos, O Cinearte era, há muitos anos, uma das principais salas participantes da Mostra Internacional de Cinema, e tem uma das maiores e mais confortáveis salas de São Paulo, a sala 1, que possui 300 lugares. Já a 2 é bem mais acanhada, com apenas 100 lugares, que encerrará sua programação exibindo o filme Judy - Muito Além do Arco-Íris, às 20h30.

Leia mais:

9 filmes do festival Sundance que você vai querer ver em 2020

Pós-Oscar, 'Parasita' se multiplica em salas brasileiras; veja aqui se está em sua cidade

Novo trailer de '007: Sem Tempo Para Morrer' já conta com música de Billie Eilish

Love HuffPost? Become a founding member of HuffPost Plus today.

This article originally appeared on HuffPost.