Cineasta João Batista de Andrade é convidado para presidir Ancine

GUILHERME GENESTRETI

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cineasta mineiro João Batista de Andrade foi convidado a substituir Manoel Rangel na presidência da Ancine (Agência Nacional do Cinema), a partir de maio.

Andrade, que é o atual secretário-executivo do Ministério da Cultura, confirmou à Folha que o convite partiu do ministro da pasta, Roberto Freire, de quem é o braço direito. O cineasta ainda precisa ser nomeado à diretoria e sabatinado pelo Senado antes de poder assumir o cargo.

À reportagem, Andrade diz que um de seus principais compromissos será modernizar a agência.

"Ela precisava ser desburocratizada, mergulhar mais na modernidade, estar a par dessas mudanças tecnológicas, e cuidar de democratizar o acesso", diz.

Segundo ele, seu trunfo é o diálogo que tem com o meio cinematográfico. "Quem me conhece sabe que sou aberto. Quero conversar com o setor."