CineFoot apresenta neste sábado 'Catarse': o olhar do torcedor do Flamengo na conquista da Libertadores

Extra
·2 minuto de leitura

Os inesquecíveis momentos vividos pelos rubro-negros em novembro de 2019, na final da Libertadores, em Lima, no Peru, condensados no documentário "Catarse", do diretor Daniel Brunet, estarão em cartaz neste sábado no CineFoot, em exibição on-line, às 15h. O filme disputa a Mostra Competitiva Internacional de Curta-Metragem com mais 36 filmes nacionais e estrangeiros. Ano que vem, o doc será publicado no "Canal Mais Nação", no Youtube.

A produção independente de 17 minutos conta a emoção vivida pelos torcedores que foram até a capital peruana, se uniram nas ruas de Lima e viveram o êxtase no segundo gol de Gabigol nos acréscimos do segundo tempo contra o River Plate.

– É uma grande alegria participar do CineFoot. Para quem faz um filme sobre o universo do futebol, esse festival é a nossa Copa do Mundo, ou melhor, a nossa Libertadores! O “Catarse” não é um filme sobre o jogo. Ele foca na emoção do torcedor, no que sentimos em Lima. Foram 38 anos de espera até que vivemos uma catarse – conta Brunet.

A ideia do documentário surgiu ainda no Brasil, logo após a confirmação da vaga na final. Inicialmente, a partida seria em Santiago, no Chile. Mas os protestos na capital chilena tiraram o jogo de lá.

– Eu ia ver o jogo, tinha decidido viajar para ver a final. E quando consegui comprar as passagens e reservar hospedagem, pensei: “por que não fazer um filme?” Não havia motivos para não fazer. Botei minha câmera na mala e fui pra Lima. Eu queria fazer um filme sobre como é conquistar algo depois de muito tempo, que é o que poderia acontecer em Lima. O Flamengo não vencia a Libertadores há 38 anos. Mas, em Lima, e depois, no Rio, vendo as imagens, percebi que o filme era outro. Era sobre o que sentimos. “Catarse” eterniza o sentimento que existiu em Lima – diz Brunet.

O CineFoot, único festival de cinema de futebol do Brasil e pioneiro na América Latina, vai acontecer de 20 a 27 de novembro, no formato on-line e com acesso inteiramente gratuito para todo o território brasileiro.