Cinegrafista de São Paulo morre em assalto em Paraty

·1 min de leitura

Um cinegrafista foi morto a tiros, na madrugada desta quinta-feira, durante um assalto em Paraty, na Costa Verde. Vitor da Silva Lins, de 31 anos, era de São Paulo e estava com a mulher na região. Segundo a polícia, ele foi baleado por ter reagido.

O crime ocorreu por volta das 5h20. Dois menores foram reconhecidos pela companheira da vítima e confessaram a autoria. Um deles efetuou os disparos com um revólver calibre 38. A dupla foi detida durante uma operação conjunta da Polícia Militar com a Secretaria municipal de Segurança e Ordem Pública de Paraty e a Polícia Civil. Testemunhas e imagens de câmeras levaram a polícia aos menores.

O caso foi registrado como latrocínio na 167ª DP (Paraty). Ainda segundo a polícia, o criem teve participação de um terceiro homem, que segundo informes iniciais, foi executado pelo tráfico de drogas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos