Cinturão de boxe presenteado por Sugar Ray a Nelson Mandela é roubado de museu sul-africano

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Um cinturão de boxe que foi presenteado por Sugar Ray Leonard a Nelson Mandela foi roubado de um museu que homenageia o sul-africano. O episódio foi confirmado pela polícia nesta quarta-feira.

James Webb: saiba quem foi o astrofísico que liderou a Nasa e gerou polêmica sobre homofobia

'Inferno' rubro-negro: decisão entre Flamengo e Atlético-MG tem foguetório em hotel e faixas no Rio

Até o momento, nenhuma prisão foi feita pela polícia.

O cinturão era um dos bens do presidente sul-africano em exibição no Museu Nacional Nelson Mandela, que fica em uma casa onde ele morou em Soweto, um distrito de Joanesburgo.

A ocorrência foi reportada às autoridades no dia primeiro deste mês, após os criminosos invadirem o museu e roubarem o cinturão, presenteado a Mandela por Sugar Ray durante uma das visitas do boxeador a África do Sul.

O cinturão do Conselho Mundial de Boxe chegou às mãos do líder sul-africano após sua libertação da prisão, no início dos anos 90. A peça é avaliada em cerca de 3 mil euros.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos