Circulação de carros no Palácio da Alvorada sofrerá restrições

Pedro Rafael Vilela - Repórter da Agência Brasil

O Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) anunciou restrições na circulação de veículos nas imediações do Palácio da Alvorada, residência oficial. O local tem sido bastante frequentado nos últimos meses, principalmente por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Ele costuma parar diariamente na entrada principal para conversar com essas pessoas. 

Segundo o comunicado do GSI, 15 minutos antes do presidente sair do Alvorada, a circulação de carros será interrompida. No retorno do presidente do Palácio do Planalto para o Alvorada, o trânsito nas imediações também será bloqueado 15 minutos antes da saída do comboio e permanecerá assim por uma hora, mas apenas para quem quiser acessar a residência oficial. No caso dos carros já estacionados no Palácio da Alvorada, assim que o comboio presidencial entrar ou sair, eles também poderão deixar do local. 

O GSI informou ainda que, por medida de segurança, todos os carros que circulam na via que dá acesso ao Palácio da Alvorada serão revistados, tanto na altura do Palácio do Jaburu (residência oficial do vice-presidente Hamilton Mourão), quanto na altura do hotel Royal Tulip.

As medidas entram em vigor a partir desta quarta-feira (13). Procurada, a assessoria do GSI informou que "são ajustes naturais nos protocolos de segurança".