Ciro diz que Lula orienta PT a aprovar pautas para manter viva a candidatura de Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 09.10.2019 - O ex-ministro Ciro Gomes (PDF) durante entrevista no estúdio Folha/UOL, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 09.10.2019 - O ex-ministro Ciro Gomes (PDF) durante entrevista no estúdio Folha/UOL, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Ciro Gomes, presidenciável do PDT, diz que Lula tem orientado os parlamentares do PT a apoiar pautas do governo federal no Congresso para manter a candidatura de Jair Bolsonaro viva, já que ele seria adversário propício a ser enfrentado em um eventual segundo turno em 2022.

O comentário do pedetista se dá após a bancada do PT no Senado ter votado a favor da aprovação da PEC dos Precatórios nesta quinta-feira (2).

"Lula determinou que o PT desse força para a candidatura moribunda do Bolsonaro se manter acesa", afirma Gomes à reportagem.

"Sabotou o impeachment, deu voto decisivo para o absurdo orçamento secreto e agora deu mais de R$ 20 bilhões para o mesmo orçamento secreto através da aprovação da PEC do Calote. Isso sem falar na campanha que fizeram para aprovar o nome do indicado de Bolsonaro para o STF ", completa.

Ciro afirma que, a pretexto de escolher um concorrente supostamente frágil, o partido quer destruir a nação.

"Eis o PT de Lula: O mesmo 'quanto pior, melhor" dos velhos tempos', conclui.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos