Ciro, Doria, Huck e Moro: os obstáculos encontrados pelos potenciais presidenciáveis em 2022

Bruno Góes
Jorge William / Agência O Globo
Jorge William / Agência O Globo

BRASÍLIA - Embora ainda seja cedo para qualquer definição de candidaturas à Presidência da República em 2022, possíveis postulantes ao cargo se movimentam para formar uma aliança com o objetivo de furar a polarização entre Jair Bolsonaro e uma candidatura do PT que dominou a eleição de 2018. As conversas ainda são embrionárias e se situam em ambiente pouco favorável ao consenso.

Para formar a terceira via, no entanto, nomes como Sergio Moro, Luciano Huck, João Doria e Ciro Gomes têm alguns obstáculos pela frente.