Ciro Gomes: Aceito apoio de Lula e recuso de Bolsonaro

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Ciro Gomes (Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)
Ciro Gomes (Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)
  • Ciro Gomes: Aceito apoio de Lula e recuso de Bolsonaro

  • Declaração do ex-governador do Ceará aconteceu na manhã de hoje

  • Apesar de aceitar o apoio do petista, Ciro o chamou de “politiqueiro esclerosado” e que “vendeu a alma para o sistema”

O pré-candidato do PDT à Presidência da República, Ciro Gomes, afirmou nesta quinta-feira (12) que aceita o apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e recusa o de Jair Bolsonaro (PL) em um eventual segundo turno nas eleições deste ano.

A declaração do ex-governador do Ceará aconteceu na manhã de hoje durante entrevista ao ICL (Instituto Conhecimento Liberta).

Apesar de aceitar o apoio do petista, Ciro o chamou de “politiqueiro esclerosado” e que “vendeu a alma para o sistema”.

Sobre Bolsonaro, o pedetista falou que o atual presidente é um “bandido” e “inimigo da República”. “[Lula] É do campo da democracia. A diferença [entre Lula e Bolsonaro] é essa”, avaliou.

Pesquisa

A mais recente rodada da pesquisa Genial/Quaest, divulgada na quarta-feira (11), mostra o ex-presidente Lula com 46% das intenções de voto, contra 29% do presidente Bolsonaro em cenário de primeiro turno da disputa eleitoral.

A pesquisa Genial/Quaest ouviu 2.000 pessoas com mais de 16 anos entre os dias 5 e 8 de maio, com entrevistas nas casas de eleitores em 26 estados e no Distrito Federal.

O nível de confiança é de 95%, com margem de erro máxima de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. Está registrada junto à Justiça Eleitoral sob o número BR-01603/2022.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos