Ciro Gomes apresenta linhas gerais de plano de governo

Candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, apresentou nesta terça-feira os pontos principais do programa de governo registrado na Justiça Eleitoral que inclui, entre outros pontos, a realização de reformas, programa de distribuição de renda e renegociação de dívidas, além mudanças na política de preços da Petrobras.

Terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, mas em patamar distante dos dois principais líderes --o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e o presidente Jair Bolsonaro (PL)-- Ciro incluiu a redefinição de um amplo pacto federativo e o fim da reeleição entre os temas gerais que pretende abordar no plano de governo.

"Aqui, apresentamos as principais diretrizes do Projeto Nacional de Desenvolvimento que Ciro Gomes está apresentando à sociedade brasileira. A partir dessa consulta será elaborado o programa de governo definitivo com o qual Ciro pretende escrever uma nova história para o Brasil", diz o documento.

"As reformas mais amplas deverão ser realizadas nos seis primeiros meses de governo. Persistindo o impasse na relação com o Legislativo, elas deverão ser submetidas à aprovação popular através de plebiscitos", acrescenta.

O PND prevê um plano emergencial de empregos com foco em investimentos e impulso na construção civil, a implantação do programa de Renda Mínima Universal, e um programa de crédito popular para refinanciar dívidas de famílias e empresas.

Inclui, ainda, investimentos em ciência e desenvolvimento tecnológico; a melhora dos serviços de saúde; redução da pobreza e de desigualdades sociais, ampliação de acesso a serviços básicos, entre outros. O programa prevê também a redução do desmatamento.