Ciro Gomes errou ao falar na CBN sobre cesta básica e lucro da Petrobras

Pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDF) em manifestação contra a gestão da pandemia de covid-19 e em favor do impeachment do presidente Jair Bolsonaro (PL), em São Paulo, em 12 de setembro de 2021 (Foto: Reuters / Amanda Perobelli)
Pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDF) em manifestação contra a gestão da pandemia de covid-19 e em favor do impeachment do presidente Jair Bolsonaro (PL), em São Paulo, em 12 de setembro de 2021 (Foto: Reuters / Amanda Perobelli)
  • O pré-candidato à Presidência Ciro Gomes participou de entrevista realizada pela CBN na última terça-feira (21)

  • Ciro falou sobre seus projetos para Petrobras, Banco Central e tratou também de questões como o aborto

  • Ao citar dados sobre cesta básica, endividamento dos estados e lucro líquido da Petrobras, o pré-candidato cometeu erros

Na última terça-feira (21), a CBN deu início à sua série de entrevistas com os presidenciáveis. O primeiro entrevistado foi Ciro Gomes (PDT), ex-governador do Ceará, ex-ministro de Estado, advogado e professor universitário.

Jair Bolsonaro (PT) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) foram igualmente convidados, mas não confirmaram presença.

Confira a apuração da reportagem do Yahoo! Notícias sobre algumas das afirmações de Ciro Gomes.

Ciro Gomes durante entrevista organizada pela CBN, em 21 de junho de 2022 (Foto: YouTube / Reprodução)
Ciro Gomes durante entrevista organizada pela CBN, em 21 de junho de 2022 (Foto: YouTube / Reprodução)

Cesta básica

"A cesta básica brasileira [...] subiu hoje quase 30%"

Pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT), na sabatina da CBN em 21 de junho de 2022

Conforme dados do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), a cesta básica apresentou um aumento nos últimos 12 meses abaixo de 30%.

Em Recife, capital que apresentou a maior variação, o aumento foi de 23,94%. Em Vitória, cuja variação foi a menor dentre as 17 capitais pesquisadas, o aumento foi de 13,17%.

Endividamento dos estados

"Neste momento, 23 dos 27 estados estão quebrados"

Pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT), na sabatina da CBN em 21 de junho de 2022

Conforme dados do Tesouro Nacional, cinco estados apresentam dívidas maiores do que 50% em relação às respectivas receitas consolidadas, são eles:

  • Rio de Janeiro - 198,68%

  • Rio Grande do Sul - 182,50%

  • Minas Gerais - 169,34%

  • São Paulo - 126,63%

  • Santa Catarina - 53,08%

Além disso, segundo a análise da capacidade de pagamento dos estados, sete estados não apresentam boa saúde fiscal. Ou seja, um novo endividamento desses estados representaria um risco de crédito para o Tesouro Nacional. São eles:

  • Rio de Janeiro

  • Rio Grande do Sul

  • Minas Gerais

  • Rio Grande do Norte

  • Tocantins

  • Goiás

  • Amapá

Os demais estados são considerados aptos para obter novas garantias.

Lucro da Petrobras

"A Petrobras teve no ano passado um lucro de 38%"

Pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes (PDT), na sabatina da CBN em 21 de junho de 2022

Conforme o demonstrativo de desempenho financeiro da Petrobras do quarto trimestre de 2021, o lucro líquido da empresa representou cerca de 23,7% da receita.

A receita totalizou aproximadamente R$ 452,7 milhões, enquanto o lucro líquido chegou a cerca de R$ 107 milhões. Nesse sentido, não é possível afirmar que o lucro atingiu 38%.

As declarações de Ciro Gomes também foram analisadas pelo Fato ou Fake.