Ciro Gomes escolhe vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, como vice

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O candidato à Presidência pelo PDT, Ciro Gomes, escolheu Ana Paula Matos, vice-prefeita de Salvador, como sua vice na disputa ao Planalto. Essa é a terceira vez que o ex-ministro disputa a eleição ao Executivo federal com uma chapa pura, isto é, formada por pessoas do mesmo partido.

Eleições: União Brasil lança oficialmente Soraya Thronicke como candidata à Presidência

Sonar: Lula surfa no 'efeito Anitta' e Ciro campeão de posts: a movimentação dos presidenciáveis nas redes em julho

A escolha por Ana Paula foi decidida durante uma reunião da Executiva do PDT nesta manhã, na sede do partido em Brasília. O nome foi definido no último dia do período das convenções partidárias, quando as legendas oficializam seus candidatos.

O nome de Ana Paula Matos era defendido por uma ala do partido por ela ser a única mulher negra cotada para a vaga, o que traria mais representatividade à chapa. Além disso, a opção por Ana Paula pode abrir um canal de diálogo com o ex-governador ACM Neto (União), que vem se mantendo equidistante dos presidenciáveis. Ele foi um dos principais cabos eleitorais de Bruno Reis, prefeito de Salvador, e cabeça da chapa formada com Ana Paula.

Dirigentes do partido acreditam que a vice de Salvador possa ser um bom contraponto a imagem do Ciro Gomes, por ter uma linguagem mais direta ao público.

Sem ter conseguido apoio de outros partidos para compor sua chapa, o pedetista repete a mesma fórmula que usou em 2018: anunciar uma mulher do próprio partido no último dia das convenções. Naquele ano, a senadora Kátia Abreu (PP-TO), então correligionária de Ciro, foi anunciada no dia 5 de agosto, prazo final dos eventos que oficializam a candidatura dos postulantes na eleição.

Ana é mestre em Administração, graduada em Direito e especialista em Finanças. Ela se elegeu como vice em Salvador, em 2020, com um discurso voltado ao combate à desigualdade social e em defesa do direito da mulher.

Veja também: Com apoio de Michelle Bolsonaro, Damares lança candidatura avulsa ao Senado pelo DF

Leia: De volta à política, Eduardo Cunha declara patrimônio cinco vezes maior do que em 2014

Além do nome de Ana Paula, outro seis foram sondados para a vaga: a senadora Leila Barros (DF); a ex-reitora da USP Suely Vilela (SP); a vice-prefeita de Recife, Isabella de Roldão (PE), a ex-deputada federal Sueli Vidigal (ES); e as deputadas estaduais Martha Rocha (RJ) e Juliana Brizola (RS). Ao menos sete nomes foram sondados para a vaga: a senadora Leila Barros (DF); a ex-reitora da USP Suely Vilela (SP); a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos (BA); a vice-prefeita de Recife, Isabella de Roldão (PE), a ex-deputada federal Sueli Vidigal (ES); e as deputadas estaduais Martha Rocha (RJ) e Juliana Brizola (RS).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos