Ciro Gomes sobre Moro: "Não tem compreensão do drama brasileiro"

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
O pré-candidato do PDT, Ciro Gomes (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
O pré-candidato do PDT, Ciro Gomes (Foto: REUTERS/Amanda Perobelli)
  • Ciro Gomes criticou o ex-juiz Sérgio Moro e disse que ele "não tem vivência nenhuma. Mesmo como juiz, revelou-se incompetente"

  • O ex-ministro do governo Bolsonaro se filiou ao Podemos

  • Em entrevista ao programa “Conversa com Bial”, Moro disse se sentir pronto para liderar “um projeto de governo”

O pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, criticou o ex-juiz Sérgio Moro e disse que ele "não tem vivência nenhuma. Mesmo como juiz, revelou-se incompetente". As declarações foram dadas em entrevista à CNN.

Moro se filiou ao partido Podemos e seu nome aparece entre os candidatos para o ano que vem. 

“Não tem vivência nenhuma. Mesmo como juiz, revelou-se incompetente – isso quem declara é o STF – incapaz de fazer com equilíbrio e isenção um processo e acaba devolvendo a impunidade para um governo que foi um dos mais corruptos da história”, afirmou Ciro Gomes.

O pré-candidato do PDT ainda completou: "Qual é a compreensão que o Sérgio Moro tem do drama brasileiro? Do desemprego em massa, da informalidade, queda da renda, desvalorização da moeda, da inflação e destruição da indústria? Qual a proposta, vivência e experiência que ele tem para oferecer aos brasileiros?". 

Em entrevista ao programa “Conversa com Bial”, da TV Globo, Moro disse se sentir pronto para liderar “um projeto de governo”.

“Eu estou preparado para assumir a liderança de um projeto de governo e certamente não estou sozinho. Me sinto pronto para liderar, nós estamos construindo um projeto consistente. Se o povo brasileiro tiver essa confiança, seguiremos adiante”, ressaltou.

Na mesma entrevista, o ex-ministro da Justiça do governo Bolsonaro, criticou o presidente. “Eu tinha expectativa de o presidente ser mais estadista. Fiz o máximo que eu pude, até o momento em que me foi retirada a possibilidade de continuar no governo e foi aberto aquele inquérito. O que foi gravado naquela reunião ministerial, aquilo é bastante revelador, todo mundo que assistiu aquilo viu o que estava acontecendo”, destacou.

"O Brasil precisa desesperadamente discutir uma mudança do modelo econômico", diz Ciro Gomes

Nas redes sociais, Ciro Gomes compartilhou algumas de suas declarações à CNN. "O Brasil precisa desesperadamente discutir uma mudança do modelo econômico e de governança política. O modelo atual trouxe a corrupção, a fisiologia e o clientelismo para o centro do sistema político brasileiro e gerou uma tragédia".

As críticas ao governo Bolsonaro continuaram. "Considero que a tragédia Bolsonaro - sob o ponto de vista moral, político, ideológico, antidemocrático, genocida, corrupto - foi produto da tragédia econômica e moral da generalização da corrupção que o Lula impôs no Brasil".

O pré-candidato do PDT falou ainda sobre as articulações para o pleito de 2022. "Temos uma campanha antecipada sob o ponto de vista de pesquisa e de nomes, aquilo que de fato deveríamos estar antecipando ou fazendo era debater os problemas brasileiros, que são os mais graves da história", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos