Ciro Nogueira afirma que Bolsonaro vai reconhecer estado de calamidade em áreas afetadas por chuvas no Piauí

·1 min de leitura

Em aceno ao seu próprio estado, o Piauí, o ministro da Casa Civil Ciro Nogueira afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) determinou que sejam feitos esforços para minimizar os transtornos com a queda de um trecho da rodovia PI-247, no sul do estado do ministro. Segundo Nogueira, o governo federal vai reconhecer estado de calamidade nos pontos da região do seu estado atingidos pela chuva.

Nogueira disse que a Casa Civil mobilizou o Ministério da Defesa para a construção de uma ponte móvel, “mas após avaliar a situação, os engenheiros constataram que o impacto das águas abriu um espaço cuja grande dimensão poderia não suportar a instalação de uma ponte móvel devido à instabilidade”. Técnicos deverão propor alternativas para tirar os moradores do isolamento, de acordo com o ministro.

A rodovia foi afetada pelas fortes chuvas que caíram na região nessa segunda-feira. Um trecho da PI-247, que fica entre Uruçuí e Ribeiro Gonçalves, foi levado pela força da água. Ao menos 12 famílias ficaram desalojadas com a situação.

Sobre a tragédia das chuvas que afeta a Bahia, o ministro repostou um conteúdo do perfil da Casa Civil, sobre o repasse de R$ 20 milhões para auxiliar os municípios atingidos pelas chuvas na região.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos