Ciro Nogueira rebate crítica de Malafaia sobre indicação de Mendonça ao STF: 'falta informação a esse pastor'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

BRASÍLIA — Após ser cobrado a se manifestar sobre a indicação de André Mendonça ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo pastor Silas Malafaia, o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira, afirmou nesta terça-feira que todas as determinações do presidente Jair Bolsonaro "serão cumpridas sempre". Segundo Nogueira, Malafaia desconhece a atuação dos ministros do Palácio do Planalto.

— Não estou entendendo. Eu sou um auxiliar do presidente da República e todas as suas determinações serão cumpridas sempre. Acho que falta informação a esse pastor sobre a nossa atuação — disse o ministro a jornalistas no Piauí, onde passa o feriado.

Em vídeo, Malafaia cobrou Ciro Nogueira e os ministros Fábio Faria (Comunicações) e Flávia Arruda (Secretaria de Governo) a defenderem a indicação de Mendonça ao Supremo, que está parada há três meses no Senado. O pastor disse que, do contrário, os ministros devem deixar os cargos.

"Os ministros Ciro Nogueira, Fábio Faria e Flávia Arruda, que são políticos e ministros do Palácio, são obrigados a defender a indicação do presidente Bolsonaro. São obrigados a trabalhar em favor de André Mendonça. Não querem? Caiam fora daí. Não podem estar nesse lugar", declarou Malafaia.

Na visão de integrantes do Palácio do Planalto, a estratégia do pastor para pressionar pela indicação de Mendonça no Senado pode acabar atrapalhando. Muitos parlamentares resistiam a ideia de validar um nome apresentado como "terrivelmente evangélico" por Bolsonaro, e houve um esforço para que ele pudesse se descolar dessa imagem nas últimas semanas.

Hoje, após tomar conhecimento da declaração de Nogueira, Malafaia comemorou em suas redes socias.

"JÁ VALEU O VÍDEO QUE FIZ KKKKK o ministro Ciro Nogueira que vive nas sombras escondido, se manifestou sobre o meu vídeo, mesmo não sendo direto com os jornalistas, para dizer que apoia André Mendonça. Não desmentiu que se encontrou com Renan Calheiros. BOTA A CARA PARA FORA!", escreveu Malafaia.

Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Nogueira participou na última semana de um jantar com a presença do senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da CPI da Covid, no qual foram discutidas alternativas ao nome de André Mendonça para o STF.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos