Ciro quer discurso de Bolsonaro na ONU fora da campanha e aciona TSE

Brazil's President Jair Bolsonaro addresses the 77th Session of the United Nations General Assembly at U.N. Headquarters in New York City, U.S., September 20, 2022. REUTERS/Amr Alfiky
Brazil's President Jair Bolsonaro addresses the 77th Session of the United Nations General Assembly at U.N. Headquarters in New York City, U.S., September 20, 2022. REUTERS/Amr Alfiky

Ciro Gomes (PDT) acionou o Tribunal Superior Eleitoral para pedir que o discurso de Jair Bolsonaro (PL) na Assembleia Geral da ONU seja vetado das campanhas eleitorais. O pedetista afirma que houve "potencialidade de ocorrência de abuso de poder político" na fala do mandatário. A candidata Soraya Thronicke (União Brasil) também fez a mesma solicitação, segundo o portal UOL.

"O pronunciamento do Senhor Jair Messias Bolsonaro fez alusão a um 'Brasil do passado", em ordem a demonstrar que o seu governo foi um "divisor de águas", o que revela a potencialidade de ocorrência de abuso de poder político, especificamente quando se adentra nos meandros de temas atinentes à campanha eleitoral", mostra o pedido de Ciro.

Já Soraya antecipou em ação protocolada no domingo (18) que Bolsonaro usaria o discurso na ONU como plataforma eleitoral.

"Isso porque, em mais uma da série de subversões de eventos oficiais para a promoção de sua candidatura, muitos dos quais já censurados por este Tribunal, pretende o representado utilizar em seu favor os registros de imagem e vídeos coletados em eventos internacionais aos quais somente comparecerá dada sua condição de Chefe de Estado".

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)