Ciro retoma candidatura após votos de deputados do PDT contra PEC

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  09-10-2019, 12h00: O ex-ministro Ciro Gomes durante entrevista no estúdio Folha/UOL, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 09-10-2019, 12h00: O ex-ministro Ciro Gomes durante entrevista no estúdio Folha/UOL, em Brasília. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidenciável Ciro Gomes (PDT) anunciou nesta quarta-feira (10) a retomada de sua pré-candidatura à Presidência em 2022, que foi suspensa na semana passada após a crise aberta pelos votos favoráveis de deputados federais de seu partido à PEC dos Precatórios.

"Eu volto à luta porque o meu partido, os companheiros da bancada, me deram um sinal muito generoso, muito corajoso", afirmou Ciro em entrevista à CNN Brasil. "Estou de volta com a minha candidatura."

Na semana passada, o apoio de deputados dissidentes da oposição, principalmente do PDT e PSB, foi crucial para a vitória de margem estreita para o Palácio do Planalto na votação da medida.

Logo após a votação em primeiro turno, Ciro afirmou ter suspendido sua candidatura a presidente da República após a ação da sua bancada na Câmara.

A cúpula do partido então atuou para reverter o apoio dos deputados à PEC, que é vista como uma medida de fortalecimento da campanha do presidente Jair Bolsonaro à reeleição.

A pressão deu resultado. Na bancada do PDT, 11 deputados mudaram de voto, e passaram a se posicionar contra a PEC no segundo turno da votação, nesta terça-feira (9). Ainda assim, cinco parlamentares da legenda marcaram sim à proposta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos