Ciro tem imóvel leiloado por R$ 520 mil para indenizar Collor

·1 minuto de leitura
***FOTO DE ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, 09.10.2019 - O ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), durante entrevista ao programa de entrevistas da Folha e do UOL, em estúdio compartilhado em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***FOTO DE ARQUIVO*** BRASÍLIA, DF, 09.10.2019 - O ex-ministro e ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PDT), durante entrevista ao programa de entrevistas da Folha e do UOL, em estúdio compartilhado em Brasília (DF). (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um apartamento do ex-governador Ciro Gomes (PDT) foi arrematado por R$ 520 mil em leilão encerrado na segunda (12). O pregão foi autorizado pela Justiça como forma de pagamento de indenização por danos morais ao senador Fernando Collor de Mello (PROS-AL).

O ex-presidente abriu um processo contra Ciro após o pedetista afirmar, em entrevista publicada em 1999, que o ex-presidente Lula deveria ter chamado Collor de “playboy safado” e “cheirador de cocaína” em debate nas eleições de 1989.

A indenização foi fixada em cerca de R$ 400 mil —os quais não foram pagos por Ciro, daí o pedido de penhora. Collor é representado pelo advogados Regina Manssur e Antonio Manssur Netto na ação.

O imóvel leiloado está localizado em Fortaleza e foi avaliado em R$ 409.647,90 pelo site que realizou o pregão.

Procurada, a assessoria do ex-governador não respondeu até a publicação deste texto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos