Cirurgião plástico é preso em Porto Alegre suspeito de abusar de pacientes

·1 min de leitura

RIO - Um cirurgião plástico foi preso, na tarde desta terça-feira, em Porto Alegre, suspeito de abusar de pelo menos nove pacientes em seu consultório. O investigado, que não teve a identidade revelada, atuava na Capital e na Região Metropolitana. Além da prisão preventiva, ele foi autuado em flagrante por porte de arma de fogo

De acordo com a Polícia Civil, os policiais cumpriram ainda dois mandados de busca e apreensão nos bairros Três Figueiras e Chácaras das Pedras, na zona norte da Capital.

No consultório médico, foram apreendidos equipamentos eletrônicos, armas, documentos, medicamentos, lubrificantes íntimos, preservativos e outros objetos. Ainda de acordo com a polícia, o local era utilizado clandestinamente para realização de procedimentos cirúrgicos, sem equipamentos adequados ou autorização legal e completamente fora dos padrões de higiene e saúde.

Equipes da Vigilância Sanitária também foram acionadas e, de acordo com os técnicos, o local não tinha autoclave, os instrumentos estavam enferrujados, vários medicamentos vencidos, além de lixo descartado de forma irregular e sangue em vários locais, objetos e móveis do consultório.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos