Cláudio Castro anuncia etapas do Cidade Integrada, que começa por Jacarezinho e Muzema; veja detalhes

·2 min de leitura

O governador do Rio, Cláudio Castro, anuncia na manhã deste sábado detalhes sobre o Cidade Integrada, projeto que teve início na última quarta-feira (19), com a ocupação do Jacarezinho, na Zona Norte da cidade, e de três comunidades no Itanhangá, na Zona Oeste. O plano prevê investimento inicial de mais de R$ 500 milhões. As etapas têm planos voltados para educação, mercado de trabalho, saúde, bem-estar, saneamento básico, entre outros.

As duas primeiras favelas a receberem o projeto serão Jacarezinho e Muzema, esta com o desafio de ser uma área comandada pela milícia. Além da ocupação do território, no qual o governo quer manter uma ação integrada e permanente, serão instalados projetos sociais para os moradores, tendo, entre as finalidades, geração de renda, saúde, educação e emissão de documentos.

Entre os programas sociais, o Desenvolve Mulher é voltado diretamente para 2 mil chefes de família, de 16 a 30 anos, e terá como diretriz a capacitações e o incentivo ao empreendedorismo. Já o "De bem com a vida" terá o foco nos idosos, com cuidado para a saúde mental e física por meio de atividades.

Os estudantes terão o Centro da Juventude, que passará por reformas no Jacarezinho e será construído na Muzema. Nos espaços será oferecido o programa de desenvolvimento de jogos "Vem pro Game" e promovida a inclusão digital através de um curso. Já o esporte ficará em núcleos, com capacidade de 150 alunos por unidade, que terá materiais gratuitos.

Para a área econômica, as comunidades vão ganhar agências do AgeRio, voltada a investimentos para empreendedorismo; auxílio para aquisição de botijão de gás e ampliação do vale. O plano também prevê um estudo, a ser apresentado em 30 dias, de estímulos para serviços, como regularização dos serviços de TV e internet e tarifa social mais acessível.

Nas duas comunidades será construído um espaço de geração de emprego local, por meio de cursos de capacitação e parcerias institucionais. Além do caráter ambiental, os novos polos de reciclagem também vão abrir vagas de trabalho para os moradores no tratamento de resíduos sólidos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos