Cláudio Castro nomeia ex-deputado do MDB como secretário de Governo

André Coelho
·1 minuto de leitura
Rafael Wallace / Alerj
Rafael Wallace / Alerj

RIO — O governador em exercício Cláudio Castro recriou nesta segunda-feira (09) a secretaria Estadual de Governo, responsável pela articulação política, e nomeou para o comando da pasta o ex-deputado estadual André Lazaroni. Filiado ao MDB, ele foi secretário dos governos de Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão, e ficou conhecido ao confundir o dramaturgo alemão Bertold Brecht com o personagem Bertoldo Brecha, da "Escolinha do Professor Raimundo", quando defendia na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) a soltura dos ex-deputados Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi, em novembro de 2017.

Lazaroni já estava no governo do estado desde 21 de setembro, quando foi nomeado como assessor especial da secretaria estadual da Casa Civil. Na pasta, comandado pelo secretário Nicola Miccione, ele já tinha a atribuição de fazer a articulação política. Deputado estadual por quatro mandatos consecutivos, entre 2003 e 2018, Lazaroni tem ótimo trânsito entre os ex-colegas do legislativo, em especialo presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT).

A secretaria de governo foi recriada pouco mais de quatro meses depois de ser extinta pelo governador Wilson Witzel, em 30 de junho, em meio às tentativas de recompor o governo para evitar o impeachment na Alerj.

Em nota, o governo do estado afirmou que a recriação da secretaria se deu pela necessidade de fazer articulação política e manter diálogo com os outros poderes, e que a medida não representou aumento de despesas. “Sobre o André Lazaroni é um político experiente e tem diálogo com o legislativo estadual e federal, com o Judiciário e o Ministério Público”, diz a nota.