Clínica clandestina de cirurgia plástica é interditada e três pessoas são presas, em Caxias

Três pessoas foram presas em uma clínica clandestina de cirurgia plástica que funcionava em Xerém, em Duque de Caxias, na última terça-feira. Policiais civis da 39ª DP (Pavuna) chegaram ao local a partir de denúncia anônima. A clínica funcionava desde 2020 e não tinha alvará de funcionamento ou certificado sanitário.

No local, uma falsa médica realizava procedimentos estéticos como hidrolipoaspiração com ajuda de outras duas pessoas. Quando os agentes chegaram à clínica, uma pessoa que passaria por um procedimento cirúrgico estava no local e foi poupada. Os presos vão responder por exercício ilegal da medicina, exposição a perigo da vida de outrem, uso de documento falso e associação criminosa.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos