Classificação do Liverpool na Champions League não é sinônimo de grandes gastos, diz Klopp

·1 minuto de leitura

O técnico Jürgen Klopp disse que uma classificação do Liverpool para a Champions League não faria com que os dirigentes dessem autorização para remodelar o elenco.

De acordo com o site inglês “The Sun”, o clube depositou 98 milhões de libras na transmissão da Champions de 2018-19, quando ganhou a competição, então, ser remetido para a Europa League da próxima temporada significaria uma redução considerável no orçamento.

— Para os jogadores é muito mais importante do ponto de vista da alegria. Eles querem desesperadamente jogar a Champions League. Temos que usar isso. Não vamos parar de jogar se não nos classificarmos e não vamos comprar oito jogadores se nos classificarmos, então essa não é a diferença — explicou o treinador.