Cláudia Jimenez recebeu prêmios por seus trabalhos como atriz; confira

Morta neste sábado, a atriz Cláudia Jimenez, de 63 anos, teve uma carreira de sucesso, com a participação em 35 programas. (Foto: Luciana Whitaker/LatinContent via Getty Images)
Morta neste sábado, a atriz Cláudia Jimenez, de 63 anos, teve uma carreira de sucesso, com a participação em 35 programas. (Foto: Luciana Whitaker/LatinContent via Getty Images)

A atriz Cláudia Jimenez, de 63 anos, morreu no início da manhã deste sábado, no Rio. A humorista teve uma carreira de sucesso, com a participação em 35 programas de televisão, entre novelas, séries e minisséries, em dez filmes e em sete peças de teatro. A artista recebeu premiações por seus trabalhos.

O principal deles foi o de melhor atriz no Festival de Cinema de Brasília, na edição de 1991. Neste ano, Cláudia concorreu pelo filme "O Corpo" e levou o troféu para casa.

Cláudia interpretou Beatriz, a Bia, na comédia dirigida por José Antônio de Barros Garcia. A personagem era uma das duas mulheres do protagonista Xavier, papel desempenhado por Antônio Fagundes que, no filme, também era casado com Carmen, vivida por Marieta Severo.

A artista também venceu o Prêmio APCA, oferecido pela Associação Paulista de Críticos de Arte, em 1991. A premiação foi dada pela atuação de Cláudia no papel de Dona Cacilda, na 'Escolinha do Professor Raimundo'.

Cláudia também foi nomeada para o prêmio de melhor atriz no Troféu Imprensa, de 1999, por seu trabalho na novela Torre de Babel. E para o Prêmio Contigo! de 2008, por sua atuação na novela Sete Pecados.

A humorista morreu na manhã deste sábado no Rio. Ela estava internada no Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul da capital fluminense.

Cláudia já havia passado por pelo menos três cirurgias no coração e por tratamento de radioterapia para combater um câncer no tórax.

Cláudia Jimenez: atriz morreu neste sábado no Rio

Ela estava internadano Hospital Samaritano, em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro. A atriz e humorista morreu de insuficiência cardíaca, de acordo com o G1.

Segundo informações divulgadas no "É de Casa", a atriz e humorista já havia passado por pelo menos três cirurgias no coração e por tratamento de radioterapia para combater um câncer no tórax. No entanto, nem o hospital ou a assessoria de imprensa confirmou se a morte foi em decorrência da doença.

Figurinha carimbada na programação da Globo, Claudia Jimenez estreou na emissora em 1979, na série "Malu Mulher". Depois, ela participou de diversos programas humorísticos, como "Os Trapalhões", "Viva o Gordo", "Chico Anysio Show", "Armação Ilimitada", "Zorra Total", "Os Normais", consagrando-se no segmento.

Apesar do sucesso no humor, ela também se aventurou em novelas, como "América", "Sete Pecados" e "Negócio da China", e filmes, tanto como atriz quanto na dublagem. Seus últimos trabalhos no cinema foram em "A Era do Gelo 2" e "A Era do Gelo 3", entre 2006 e 2009. Na TV, seu último papel foi na novela "Haja Coração", de 2016, antes de Claudia se afastar da atuação.

do jornal O Globo