Claudia Raia e Patrícia Pillar relembram rivais de 'A favorita': 'Não foi fácil'; revelação sobre vilã vai ao ar nesta sexta-feira

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Flora (Patrícia Pillar) ou Donatella (Claudia Raia)? A dúvida sobre quem seria a verdadeira vilã de "A favorita" marcou o folhetim e agora está de volta no "Vale a pena ver de novo". É nesta sexta-feira, dia 15, que o público vai poder rever a cena em que a personagem de Patrícia é, finalmente, apresentada como a assassina de Marcelo (Flavio Tolezani). Sobre a dúvida que ficou no ar por boa parte da trama, as atrizes relembram:

— Claudia e eu precisávamos criar personagens que fossem convincentes em ambas as personalidades. No meu caso, a de uma mulher presa injustamente que voltou para provar sua inocência ou a assassina fria, recalcada e vingativa. Precisávamos convencer os dois lados, era um jogo — diz Patrícia.

— Tivemos de trazer muitas nuances para as personagens. Não foi fácil porque tínhamos de pensar na coerência da história também depois que a revelação fosse feita e as cartas já estivessem na mesa para o público. O que mais me marcou nesse trabalho foi realmente a maneira como as duas protagonistas foram desenvolvidas — conta Claudia.

Até esse momento da novela, Flora e Donatela possuem versões diferentes sobre a morte de Marcelo, deixando cada vez mais dúvidas no público sobre quem diz a verdade. Garantindo que foi injustiçada, Flora ganhou a torcida de boa parte das pessoas, e por isso a sequência é tão surpreendente.

— A mocinha pobre e vitimada, que quase sempre é heroína nas novelas, aqui é uma assassina, e a mulher rica e fútil é a vítima. Acreditava que o público estava preparado para lidar com personagens cindidos e multifacetados. Quebrando estereótipos da teledramaturgia a novela fez e novamente está fazendo sucesso — diz o autor da trama, João Emanuel Carneiro.

Claudia chegou a duvidar que o jogo com o público daria certo de início, mas a história surpreendeu:

— Quando soube que o João Emanuel Carneiro queria fazer a revelação com a novela já há bastante tempo no ar, eu fiquei pensando: "será que vai dar certo?". E deu muito certo. A história não perdeu o fôlego — relembra.

No capítulo desta sexta-feira, no "Vale a pena ver de novo", Flora assume para Donatela que matou Marcelo em tom sádico, contrastando com o ar angelical que a personagem demonstrou desde o começo da trama, apesar de ter passado 18 anos na prisão.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos