Clientes do Rio poderão consultar pré-pagos cadastrados no CPF já nesta semana

Consulta estará disponível no Sudeste e no Sul nesta quarta-feira

A partir de quarta-feira (22), os clientes da telefonia móvel do Rio de Janeiro poderão consultar pela internet se há linhas de pré-pago desconhecidas cadastradas em seu CPF. A iniciativa Cadastro Pré-Pago da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) visa evitar a ocorrência de fraudes.

Para descobrir em quais empresas de telecomunicação há linhas cadastradas em seu nome, o consumidor deverá acessar o portal https://cadastropre.com.br/#/, digitar seu CPF e o estado onde mora. Devido a questões de sigilo e privacidade, durante a consulta, informações como o nome do consumidor, o número do telefone e a quantidade de linhas serão omitidas, aparecendo somente em quais prestadoras existem linhas cadastradas no CPF informado.

Caso descubra alguma linha estranha vinculada ao seu CPF, o cliente poderá solicitar o cancelamento, o que deve ser atendido em até 24 horas, para pedidos feitos por meio de atendente, ou até 48 horas, caso seja solicitado automaticamente pelo call center ou pelo portal da prestadora.

A consulta já está disponível para pessoas que moram nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Para os residentes no Sul e Sudeste, estará habilitada ainda nesta semana, a partir de quarta-feira (22).

De acordo com a Anatel, estão previstas, para este ano, medidas adicionais para melhoria dos procedimentos de habilitação de novos chips, como a adoção de um modelo de cadastro com validação documental e a digitalização das informações cadastrais.

O consumidor que desejar esclarecer dúvidas ou solicitar a atualização de seus dados cadastrais deverá entrar em contato com sua prestadora pela internet ou pela Central de Atendimento.

Envie denúncias, informações, vídeos e imagens para o WhatsApp do Extra (21 99644 1263)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos