Clipe de campanha destaca facada e apresenta Bolsonaro como 'capitão do povo'; veja o vídeo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A equipe de pré-campanha do presidente Jair Bolsonaro elaborou um clipe com base no jingle "Capitão do Povo", feito pela dupla sertaneja Mateus e Cristiano. O vídeo deve ser apresentado na convenção que vai lançar oficialmente a candidatura de Bolsonaro, marcada para ocorrer no Rio de Janeiro no dia 24.

Oswaldo Amaral: petistas, bolsonaristas e o que dizem os números sobre o apoio à democracia

Pulso: Pesquisa mostra qual rede social é a preferida dos brasileiros para acompanhar a política

O refrão da música diz que o "capitão do povo" vai "vencer de novo". Exibindo a todo momento a bandeira do Brasil e as cores verde e amarela, o vídeo também ressalta temas caros a Bolsonaro, como sua passagem pelo Exército.

O clipe dá destaque ao atentado que Bolsonaro sofreu na campanha de 2018, exibindo o momento em que ele recebe a facada, em Juiz de Fora, e também sua transferência, em uma maca, para São Paulo.

Também são apresentadas diversas cenas de Bolsonaro entregando obras do governo, incluindo trecho da transposição do Rio São Francisco, uma das apostas para conseguir votos no Nordeste.

Utilizando imagens do presidente no Santuário Nacional de Aparecida e na Catedral de Brasília, a canção afirma que Bolsonaro "é de Deus" e "defende a família". A primeira-dama Michelle Bolsonaro aparece rapidamente, beijando o marido.

A edição do vídeo foi do publicitário Sergio Lima, que atua na pré-campanha. A música já havia sido apresentada para Bolsonaro em um evento em São Paulo, no dia 20 de maio.

Além disso, o slogan de "capitão do povo" já havia sido utilizado em um evento de lançamento da pré-candidatura de Bolsonaro, em março.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos